O VESPEIRO ESTÁ AGITADÍSSIMO

Bastou algumas baixas no governo Bolsonaro para o vespeiro que trabalha contra o Brasil ficar agitadíssimo.

Os oportunistas de plantão já entraram com seus pedidos de Impeachment do presidente.

Imaginem só que situação, um presidente aleito democraticamente por mais de 50 milhões de brasileiros não ter autonomia para exonerar ou nomear um diretor da policial;

Imaginem um presidente ter que se submeter a um ministro seu para fazer exonerações ou nomeações na pasta desse ministro.

Questiona-se o fato do presidente querer escolher o diretor da polícia federal, mas não questiona o fato do ministro dizer que o nome tem que ser indicação dele. Será que só o presidente poderia ter motivos escusos para escolher o diretor da polícia federal? Tenha santa paciência, é tanta hipocrisia nesse meio político. Será que os prefeitos e governadores que criticam tanto aquilo que é prerrogativa do presidente, aceitariam nomear um diretor por imposição de um de seus secretários?

Um grande inimigo daqueles que ocupa cargo de poder político, são suas vaidades. Vamos as urnas, elegemos e delegamos poder para alguém, mas a vaidade desse alguém na maioria das vezes, é maior do que a atribuição a ele delegada.

De uma hora para outra o assunto da exoneração do ministro Sérgio Moro, superou a audiência da pandemia do Coronavíru; Que pais é esse?

De uma hora para outra este mesmo assunto faz a bolsa de valores despencar e o dólar subir. Que mundo é esse de hipocrisia que estamos vivendo?

Olha, ainda bem que milhões de brasileiros acordaram e conseguem enxergar os acontecimentos com seus próprios olhos, e, são capazes de fazer a sua própria leitura.

Ainda bem que milhões de brasileiros não se deixam enganar por notícias desinformadoras;

Ainda bem que não precisamos mais de certos expert da grande mídia e de ouros setores, para fazer a leitura dos acontecimentos que mexem com a vida da gente.

Muitos agentes públicos subestimam a nossa inteligência, Acreditem, somos seres pensantes capazes de fazermos a nossa própria leitura do atual quadro da política brasileira.

Não vamos abrir mão do nosso direito de expressar nossas opiniões enquanto cidadãos que trabalhamos, tributamos e bancamos esse Estado brasileiro pesado demais para carregar.

Presidente, estou contigo.

Por Jota Neto – Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *