Força Tática apreende drogas e dinamites em Parque das Gaivotas

Durante patrulhamento realizado por policiais militares da Força Tática da 14ª Companhia Independente, no bairro Parque das Gaivotas, na Serra, duas adolescentes foram apreendidas e um homem foi detido em posse de uma quantidade de maconha, além de cinco bananas de dinamites.

O fato ocorreu na noite desta última segunda-feira (31), quando em patrulhamento pela Avenida Beira Rio a equipe policial percebeu que duas adolescentes, no interior de um coletivo, demonstraram nervosismo ao visualizarem a guarnição.

Foi realizada a abordagem, e com elas foram apreendidos dois tabletes de maconha, pesando aproximadamente 500g cada, e duas buchas da mesma substância. Questionadas, elas relataram que fariam a entrega dos entorpecentes no Terminal de Jacaraípe, e, posteriormente, levaram os militares no endereço onde teriam recebidos as drogas para a entrega.

Logo ao se aproximarem do local os policiais perceberam um movimento de fuga de indivíduos, que pularam um muro, sendo abordado no imóvel apenas um homem, de 32 anos. Durante buscas no interior da residência foi notado pelos militares diversos indícios de que o local era utilizado para o corte e embalo de entorpecentes. Cinco bananas de dinamites de origem desconhecida foram localizadas na casa, sendo a ocorrência encaminhada à Delegacia Regional da Serra.

O suspeito, de 32 anos, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e foi conduzido ao presídio. As adolescentes, 16 e 17 anos, assinaram um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas e foram reintegradas as famílias.

A droga apreendida será encaminhada para o Laboratório de Química Legal, do Departamento Médico Legal da Polícia Civil, para ser analisado e será incinerado.  O artefato explosivo foi recolhido pela equipe especializada da PM e encaminhado à Sede da Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesp), para devido descarte do material.

Assessoria de Comunicação da POLÍCIA MILITAR

Fernanda Bollis

Priscila Barcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *