Prédio onde funcionou Hotel Imperador será colocado à venda

A venda será condicionada aos projetos que contemplem atividades relacionadas ao turismo, cultura, lazer e recreação.

06_12_2016 Brasil – ES – Domingos Martins – Municipio de Domingos Martins, regiao serrana do Espirito Santo – Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem

Na manhã desta quinta-feira (08), em solenidade na Secretaria de Turismo (Setur), a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro, junto com o prefeito de Domingos Martins, Wanzete Kruger, oficializou o início do processo de abertura da concorrência pública para venda do prédio onde funcionou o Hotel Imperador, em Domingos Martins. A proposta atende ao que estabelece o Plano de Desenvolvimento Sustentável do Turismo no Espírito Santo.

Uma das exigências para venda do imóvel é o indicativo de destinação de uso para atividades relacionadas ao turismo, cultura, lazer e recreação em geral, além de restauro do prédio, que é tombado pelo Patrimônio Histórico, contribuindo para a melhor preservação e aproveitamento do imóvel histórico, alavancando as atividades turísticas na região.

A secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro, destacou a importância do prédio para a cultura e a história do Espírito Santo, bem como para o aquecimento da economia local.  “Este é um espaço que faz parte da memória afetiva dos capixabas e é um atrativo que irá se tornar ainda melhor, criando oportunidade de receber mais turistas e preservando a sua história original, podendo ser palco de atividades culturais e de lazer e, o melhor, gerando crescimento da economia local”, pontuou a secretária.

Segundo o prefeito de Domingos Martins, Wanzete Kruger, a proposta de retomada do espaço para atividades do turismo é muito bem recebida pela população do município. “Essa retomada do espaço para atividades de hotelaria vem suprir uma deficiência nossa de ter onde receber os turistas no Centro do município e é muito bem-vinda pela sociedade local, além de ser um incremento na economia da cidade”, afirmou.

A subgerente de Patrimônio Imobiliário da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos, Cláudia Godoy, representando na ocasião o secretário de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Marcelo Calmon Dias, afirmou que a Secretaria está dedicada a proceder todos os trâmites necessários para que a concorrência pública seja aberta.

Representando a Secretaria da Cultura (Secult), o gerente de Espaços e Articulação Cultural, Vinícius Fábio, falou da importância desta retomada. “Cultura e turismo são atividades transversais que se complementam e a reabertura de um lugar com tanta história só faz brilhar nossos olhos”, disse.      

Para o turismólogo Leonardo Lares, representando o Conselho Estadual de Turismo (Contures), o equipamento localizado em Domingos Martins tem muita representatividade no turismo capixaba e o retorno de uso do espaço para atividades de turismo só incrementa ainda mais a atividade. “O Espírito Santo é um Estado turístico e estas iniciativas só fortalecem esta aptidão natural”, enfatizou.

Próximos passos

A proposta deverá cumprir etapas de análise jurídica, aprovação legislativa e procedimento de concorrência pública, durante a estruturação dos procedimentos administrativos. A Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger) avaliará a possibilidade de manter, durante o decurso dos tramites administrativos, o imóvel em concessão ao município de Domingos Martins, garantindo, assim, a continuidade de sua utilização.

Processo

O antigo Hotel Imperador, considerado referência histórica e cultural de Domingos Martins, é de propriedade do Governo do Estado e está cedido à Prefeitura de Domingos Martins. A venda consignada devido à necessidade de uso do imóvel como meio de hospedagem e atividades relacionadas ao turismo e à cultura foi bem recebida pelos moradores e comerciantes locais.

O vice-prefeito de Domingos Martins, Fábio Trarbach, destacou que o processo tem o apoio da sociedade. “A comunidade e os empresários locais estão favoráveis a esta retomada do espaço para os usos aqui apresentados e nos colocamos abertos para escutar as opiniões de todos”. 

A proposta foi aprovada pelos membros dos conselhos municipais de Turismo e de Cultura e encontra-se à disposição de todos na Prefeitura de Domingos Martins para sugestões e esclarecimentos de dúvidas.

Participaram da solenidade o prefeito de Domingos Martins, Wanzete Kruger; o vice, Fábio Trarbach; a gerente de Patrimônio Imobiliário da Seger, Cláudia Godoy; o gerente de Espaços e Articulação Cultural da Secult, Vinícius Fábio; o deputado estadual Alexandre Quintino; a subsecretária de Estado de Turismo, Ana Cláudia Buffon; o gerente de Estudos e Negócios da Secretaria de Turismo, Rafael Granvilla; o assessor especial da Secretaria de Turismo, Fernando Rocha, e demais membros da equipe da Setur.  

História

O Hotel Imperador foi inaugurado no dia 6 de janeiro de 1955. Por causa de sua arquitetura, o hotel se tornou um atrativo no município, passando a ser considerado o hotel de referência para os casais em lua de mel em todo o Estado. Uma curiosidade: antes mesmo de se consolidar como atrativo turístico, o Hotel Imperador, nos primeiros anos de existência, era o destino de muitos hóspedes que buscavam tratamento de saúde, em função do clima, ideal para o tratamento de doenças respiratórias.

Assessoria de Imprensa da Setur
Simone Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *